Posts Tagged ‘curioso

25
set
08

Descubra como será seu filho com a pessoa amada (ou não)

Você está muito apaixonado, pensa em casar-se,  ou simplismente gostaria de saber como provavelmente seria um bebê seu?
O Make Me Babies pode te ajudar.
Ele combina as duas fotos e mostra o resultado em uma terceira foto. Achei muito legal.

http://www.makemebabies.com/

19
set
08

As incríveis irmãs Abby & Brittany Hensel


Essa foi impressionante, as irmãs siamesas Abby & Brittany Hensel realmente me impressionaram. Confesso que nunca tinha visto algo assim.

Abigail “Abby” Loraine Hensel e Brittany “Britty” Lee Hensel, nascidas no dia 7 de Março de 1990, em Carver County, Minnesota, Estados Unidos, são um caso extremamente raro no mundo. São gêmeas siamesas atualmente com 18 anos. Têm duas medulas, dois estômagos, quatro pulmões (dois pares parcialmente distintos), e dois braços.

Quando nasceram, seus pais escolheram não as separar. As gêmeas compartilham de muitas funções corporais, e a operação seria arriscada e elas poderiam ficar numa cadeira de rodas. Não lamentam sua decisão; elas mesmas indicaram que não desejam ser separadas.

Cada uma das gêmeas controla um lado do único corpo, controlando seus próprios braços e pés, e não tem nenhuma sensação do outro lado. Ainda, coordenando os esforços, podem andar normalmente.

Tocam piano, jogam volley, dirigem e são “doidas” por tudo o que tenha a ver com fotografia digital.


Apesar de compartilhar de um um unico corpo, as gêmeas têm os gostos diferentes na alimentação e na roupa. Algumas das suas roupas são alteradas de modo que tenham duas aberturas para os pescoços separados a fim de enfatizar a sua individualidade.

Este post pretende ser um exemplo de superação para todos que se lamentam das dificuldades da vida.

Olha esse vídeo, está em inglês mas a imagem vale mais que 1000 palavras.

19
set
08

Síndrome de Kessler

Fonte: Zooprópole


Essa síndrome não tem nada a ver com doenças… A Síndrome de Kessler (Kessler Syndrome) é um cenário proposto pela NASA no qual o volume de detritos espaciais em órbita terrestre seja tão grande que objetos em órbita seriam frequentemente atingidos por esses detritos – o que geraria mais detritos, e aumentaria ainda mais o risco de futuros impactos.

Essa reação em cadeia poderia, teoricamente, impedir a exploração espacial – e até mesmo o uso de satélites, no futuro… Afinal, mesmo uma partícula do tamanho da cabeça de um alfinete pode danificar ou mesmo destruir um satélite ou uma espaçonave, pois muitos detritos permanecem voando a velocidades superiores a 30.000km/h.

O lixo espacial é composto das mais variadas coisas, desde satélites desativados e estágios inteiros de foguetes a parafusos, estilhaços criados por explosões, cascas de tinta, ferramentas perdidas por astronautas e uma infinidade de pequenos objetos e partículas.

A maioria dos detritos espaciais atualmente em órbita foi criada por explosões – intencionais ou não – de satélites e foguetes: aproximadamente 100 toneladas de fragmentos gerados por cerca de 200 explosões espaciais continuam em órbita.

Um dos mais graves incidentes de criação de detritos ocorreu em janeiro de 2007, quando o governo chinês explodiu um de seus satélites em órbita, para testar um míssil anti-satélite. Essa explosão, sozinha, criou mais de 800 pedaços “detectáveis” de detritos (partículas muito pequenas não são rastreáveis). Mais recentemente, em janeiro de 2008, um míssil americano também destruiu um satélite antigo, mas a posição em que o satélite se encontrava fez com que a maior parte dos detritos reentrasse na atmosfera em questão de semanas…


Atualmente existem mais de 600.000 objetos com pelo menos 1cm em órbita…

Quando detritos colidem entre si, eles muitas vezes são fragmentados em outros pedaços – e esses novos detritos acabam colidindo com outros, replicando o processo. Esse é o perigo da Síndrome de Kessler: talvez um dia não possamos mais manter um satélite em órbita por muito tempo, antes que ele seja destruído.

Fora os danos aos satélites e naves espaciais, há também o risco de danos aqui na Terra. Atualmente têm ocorrido incidentes com lixo espacial que reentra a atmosfera sem controle e coloca vidas em risco.

Um exemplo recente ocorreu com um Airbus A340 da Lan Chile, voando entre Santiago (Chile) e Auckland (Nova Zelândia), no início de 2007, quando pedaços de um satélite russo passaram perigosamente perto do avião antes de caírem no Oceano Pacífico.

Por sorte, há apenas um caso documentado de pessoa atingida por lixo espacial: uma mulher americana, de Oklahoma, foi atingida no ombro por um pedaço do tanque de combustível de um foguete Delta II (ela sobreviveu).

Pelo perigo – presente e futuro – dessa situação, várias nações do mundo têm discutido a questão do lixo espacial, para que métodos e limites sejam criados e obedecidos por todos, limitando assim a proliferação de lixo espacial “novo”.

Os dejetos que já estão em órbita, contudo, além de serem monitorados (especialmente pela Agência Espacial Européia, pela NASA e pela Força Aérea Norte-Americana) têm inspirado a criação de soluções inovadoras para a “limpeza” da órbita terrestre. Alguns métodos propostos são (veja a figura ao lado – clique para ampliar):

1. Aerogel – painéis enormes de um material semelhante ao poliestireno seriam colocados em órbita; eles receberiam os impactos e acumulariam os detritos e, quando “carregados” o suficiente, seriam trazidos de volta à Terra, sendo destruídos na reentrada.

2. Lasers – uma solução teórica (mas não viável, atualmente) seria a colocação de canhões laser em órbita, que poderiam atirar nos detritos e fazê-los modificar suas órbitas (modificando-as para que reentrassem na atmosfera).

3. Coletor orbital – engenheiros da Universidade do Arizona propõem que seja construída uma espécie de nave não-tripulada, guiada por radares e câmeras, e equipada com braços robóticos para coletar os detritos e destruí-los.

4. Redes – Um sistema chamado “GRASP” (de ‘grapple, retrieve, and secure payload’) usaria uma grande rede conectada a cones infláveis para agarrar detritos. Segundo uma empresa que está testando o sistema, uma frota de micro-satélites equipados com GRASP poderiam voar ao encontro de nuvens de detritos, aprisionando-os antes que causem mais danos.

5. Espuma – segundo a NASA, um painel maciço de espuma porosa poderia ser colocado no caminho em que dejetos passarão – e esses dejetos diminuirão de velocidade ao atravessa a espuma, que faria com que eles reentrassem na atmosfera e fossem destruídos.

6. Condutores – cabos condutores de cobre ou outros materiais condutores poderiam ser instalados em satélites antigos e, uma vez estendidos, eles reagiriam com o campo eletromagnético da Terra e se tornariam uma espécie de âncora supercondutora, que diminuiria a velocidade orbital do satélite e faria com que se precipitasse no inferno da reentrada.

De qualquer maneira, esses são planos teóricos para o futuro. Atualmente só nos resta não aumentar a quantidade de lixo orbital – e desviar dos pedaços quando possível.

Neste outro POST nós mostramos um aplicativo da NASA para que você possa rastrear satélites (ativos ou inativos), mas ele não mostra o lixo espacial.

Se você tiver o Google Earth instalado no seu computador e quiser ver toda a camada de lixo espacial na órbita terrestre, há um aplicativo grátis interessante: o Space Junk Catalog (para baixar o arquivo tipo KMZ, use este LINK), desenvolvido por Saso Sedlacek.


Essa imagem acima é do Google Earth usando o layer do Space Junk Catalog.

Eu testei, e é legal… Usando o Google Earth, que é fácil de manusear, você vê o lixo espacial em órbita, e acessa informações clicando nos objetos.

Referências: wikipedia, universe today, universidade do colorado, wired, new york times,

19
set
08

Incríveis bonecos ultra-realísticos!

Fonte: 3XC

Gosta de “action figures”? Aqueles bonecos não tão infantis, colecionados por milhões de nerds ao redor desse mundão afora?

Bom, se a resposta foi afirmativa, dê uma olhada no trabalho do artista Noel Cruz, das Filipinas. O cara pinta esses bonecos criando detalhes sensacionais, trazendo o verdadeiro aspecto do action figure. Pra se ter uma idéia, a boneca da Angelina Jolie está a venda no eBay por mais de R$ 6 mil.

Você pode visitar a galeria do cara no Deviant Art.

Mary Poppins

Johnny Depp como Jack Sparrow

Daniel Craig, o James Bond

Tobey Maguire, o Peter Parker (Homem-Aranha)

Kirsten Dunst como Mary Jane (A namoradinha do homem teiudo)

Angelina Jolie

19
set
08

7 conselhos úteis, que são absurdos porque ninguém segue.

Postado por Isaias Malta em Blogpaedia-Respostas

1- Finja-se de louco diante da onça.

Situação: Você topa com uma onça enfurecida, estando desarmado.

Conselho: Faça movimentos desordenados, e fale coisas desconexas. Aja como um louco, mas não tente fugir, nem se encolha, nem demonstre medo, nem dê as costas para a bixa.

Realidade: A última coisa que você vai fazer é ter sangue frio para se fingir de louco, pois a sua primeira reação vai ser sair em correndo em disparada e, é claro, a onça vai te pegar.

2- Fale a verdade para a mulher braba.
Situação: Você chega da balada bêbado, depois de ter esticado a noitada num bordel, a sua mulher vai estar te esperando pronta para quebrar o maior pau.

Conselho: Conte toda a verdade. Não tente mentir porque aí sim ela vai desconfiar. Como toda a mulher é desconfiada, ela nunca vai acreditar que você está falando a verdade e vai te deixar entrar e dormir em paz.

Realidade: Você nunca vai conseguir controlar o seu impulso de mentir estando meio bêbado, fim de noite, cansaço, ressaca, fendendo a perfume barato, etc. Vai mentir pelos cotovelos e levar uma merecida surra da patroa.

3- Não reaja em assaltos.

Situação: A clássica situação, você para num semáforo e um vagabundo encosta um cano na sua janela gritando: “Perdeu!”.

Conselho: A polícia aconselha – não faça movimentos bruscos, nem fique nervoso, nem reaja, nem corra, nem tente dominar o assaltante, nem fuja, nem levante os braços. Fique parado aguardando ordens.

Realidade: A polícia acha que você tem nervos de aço, não tem estresse, não tem problemas psicológicos e sabe gerenciar crises. Muitos casos de assalto deste tipo terminam em mortes e feridos porque as vítimas se assustam e fazem movimentos bruscos. O ladrão, normalmente empedrado de droga, interpreta qualquer gesto brusco como reação e manda bala.

4- Não ligue luz, nem fogão em vazamento de gás.
Situação: Você chega em casa a e percebe um grande cheiro de gás.

Conselho: quando isto acontece JAMAIS acenda a luz, porque até uma simples faísca gerada pelo interruptor elétrico pode detonar uma explosão. A melhor coisa a fazer é abrir todas as portas e janelas e deixar o ar circular durante, pelo menos, meia hora.

Realidade: As pessoas sempre acendem as luzes e vão direto para a cozinha para acender o fogão e ver se ele está funcionando. Nos casos de incêndios deflagrados por vazamento de gás, quase sempre são os moradores que detonam a explosão, ligando lâmpadas, ou acendendo o fogão.

5- Bata no fucinho do Pit Bull.
Situação: Você está caminhando tranqüilamente por uma rua e, subitamente, um Pit Bull voa na direção do seu querido pescoço.

Conselho: Encontrei um conselho hilário para resolver isto.
Para proteger o seu pescoço, jogue seu braço na direção da bocarra do bixo. O cão vai se grudar no seu braço. Você necessariamente deve estar perto de um muro. Então, erga o braço com o Pit Bull pendurado nele e lance-o para o outro lado do muro. Logicamente que o Pit Bull vai continuar firmemente agarrado as suas amadas carnes. Esta é hora de você usar o método que vai fazer o Pit Bull largar o seu braço: dê um soco no focinho dele.
Ora, sabemos que o focinho do cachorro é a sua parte mais dolorosa, o que vai fazer com que ele largue abruptamente a sua presa, você. Como ele vai cair do outro lado do muro, respire aliviado que você está a salvo!

Realidade: se você for atacado por um Pit Bull, então é provável que você pertence ao grupo de risco das vítimas potenciais – idosos, crianças, doentes, debilitados, deficientes físicos e mentais, etc. Ou seja, a única coisa útil que você vai poder fazer é jogar o braço e rezar para que apareça ajuda, porque vale mais perder um braço do que a jugular.

6- Não mova uma vítima de acidente.
Situação: Você se depara com um acidente de carro com vítimas e tenta ajudá-las.

Conselho: Jamais remova a vítima de onde ela estiver, a menos que seja uma situação de total emergência, do tipo, veículo pegando fogo ou prestes a cair num precipício.

Realidade: As pessoas que ficaram paraplégicas por acidentes de trânsito contam histórias parecidas: foram removidas por populares, que tinham a boa intenção de ajudar. Quando o acidentado não é movimentado sob os cuidados de um profissional socorrista, as suas lesões na coluna cervical podem se agravar enormemente ao ponto de causar o rompimento da medula. Depois que o sujeito se acidentou, a vida dele não depende mais de uma questão de tempo e sim da ajuda especializada de pára-médicos equipados com macas imobilizadoras e coletes cervicais.
Enquanto o socorro não vem, você pode ajudar afrouxando as roupas da vítima, liberando qualquer coisa que a esteja apertando, ou a impedindo de respirar e colocando alguma coisa em baixo da sua cabeça para lhe trazer maior conforto.

7- Não obrigue os outros a fumar junto com você.
Situação: você fuma e não vai parar, achando que o problema é só seu.

Conselho: O Ministério da Saúde adverte que fumar é prejudicial à saúde, mas ao mesmo tempo, ele não adverte que toda a cadeia de morte do tabaco é financiada pelo Governo. Este é o conselho mais hipócrita de todos, você fuma pagando toneladas de imposto que o governo ganha das empresa tabageiras – e depois quer provar que você está errado.

Realidade: você continua fumando porque ninguém tem nada a ver com isto, certo? Se você acha que isto é um bom pretexto, saiba que está condenando ao câncer e ao enfisema pulmonar os seus familiares, seus amigos, seus colegas de trabalho, enfim, todos aqueles que convivem com você diariamente num raio de até 10 metros, que são obrigados a respirar o mesmo ar que você viciou.

19
set
08

8 carros que poderão estar nas ruas no futuro

Postado por Rodrigo Almeida em Tech Alien.net

As imagens abaixo são uma amostra dos resultados obtidos em um concurso de design promovido pela Peugeot. O tema era: Carros para uma cidade do futuro. Os projetos deviam levar em consideração o meio-ambiente, harmonia social, mobilidade interativa e eficiência.

888

Para facilitar as manobras de estacionamento, o 888 tem a capacidade de girar sobre seu eixo e encurtar seu tamanho.

Alegro

Projeto do brasileiro de Alexandre Raad que possui quatro motores elétricos, um em cada roda.

Veja outros seis projetos:

Ego

Possui duas rodas e acomoda apenas uma pessoa, perfeito para as grandes cidades.

XStreet

Prejeto de nossos hermanos, possui três rodas, cada uma com dois motores elétricos.

Magnet

Projeto esdunidense que se locomove por energia eletromagnética.

Pure

Projeto belga que dá ênfase a mobilidade. (Essa frente lembra o Audi usado por Will Smith em Eu, Robô.)

GALapagos

Com esse nome sugestivo, lembrando Darwin e sua teoria da evolução das espécies, ele é capaz de se adaptar a vários tipos de terrenos.

Blade

Essa hélice na parte traseira, ao contrário do que você deve estar pensando, não serve para impulsionar o veículo, ela é um gerador eólico utilizado para carregar a bateria elétrica do carro.

Saiba mais aqui (site oficial do concurso em francês).

19
set
08

Arte com capuccino

Postado por Diego Toledo em Dormiu!

O capuccino, bebida italiana preparada com café expresso e leite, tornou-se comum no Brasil, sendo, hoje, comumente servido em Cafés, reuniões de negócios e, até mesmo, em casa, no café da tarde.

Confira, a seguir, imagens de capuccinos que receberam um toque de arte, ganhando criativas “estampas”, pelo que parece, feitas com canela.




Páginas

julho 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Blog Stats

  • 213,517 hits

mais acessados

  • Nenhum