Archive for the 'cinema' Category

12
jan
09

O Dia em que a Terra Parou

Tem alguns tipos de filme que gosto muito, e alguns atores também, apesar de não ir muito com a cara do Keanu Rives, gosto da maioria dos filmes interpretados por ele, e esse promete.

Nesse filme o diretor vindo do gênero terror (Hellraiser 5 – Inferno) e do drama sobrenatural (O Exorcismo de Emily Rose), Scott Derrickson comanda O Dia em que a Terra Parou, uma refilmagem da ficção científica de 1951 baseada no conto de Harry Bates.

“Ao contrário do filme original, dirigido por Robert Wise, o alienígena Klaatu (Keanu Reeves) e seu acompanhante, um robô gigante e muito poderoso, desembarcam em Nova York, em pleno Central Park. No filme de 1951, isto acontecia em Washington, D.C.

Também é mantido o nome da principal personagem feminina, Helen Benson (Jennifer Connelly, de Diamante de Sangue), aqui uma respeitada astrobióloga. Como no filme de 1951, ela tem um filho, na verdade um enteado, filho de seu falecido marido e chamado Jacob (Jaden Smith, de À Procura da Felicidade).

Os extraterrestres vêm armados das piores intenções. Klaatu chega apenas para uma rápida missão "Arca de Noé". Ou seja, colecionar o máximo de espécies terráqueas em uma série de esferas espalhadas pelo mundo e encaminhar o extermínio da raça humana – que, para eles, já abusou do direito de estragar este planeta, um dos poucos com suporte para vida complexa.

Como no filme original, Klaatu também é ferido pelos disparos de tropas e vai parar num hospital, onde se reuniram os maiores cientistas para enfrentar a crise causada pela vinda dos extraterrestres. 

807707-5000-gaÉ lá que ele conhece as duas mulheres poderosas do filme, a cientista Helen Benson e a secretária da Defesa norte-americana, Regina Jackson (Kathy Bates) – que críticos nos EUA já descreveram como uma mistura entre a futura chanceler Hillary Clinton e a derrotada candidata à vice-presidência da chapa republicana, Sarah Palin.

Helen quer ajudar Klaatu e até fazê-lo mudar de idéia sobre a destruição da raça humana. Regina só pensa em enquadrá-lo à força, alegando que, em todo contato entre civilizações de nível de desenvolvimento diferente, a mais fraca é escravizada. E os mais fracos desta vez são os habitantes da Terra.

Astrobióloga que estuda as possibilidades da vida em outros planetas, Helen torna-se a aliada natural do alienígena quando este, ainda desajeitado em seu corpo humano, vira cobaia de laboratório. A secretária de Defesa decide que ele deve ser interrogado depois de ser injetado com uma droga desconhecida.

Contando com nada desprezíveis poderes de controle sobre os equipamentos da Terra, Klaatu continuará, porém, seu plano original de extinção do planeta. Curiosamente, mesmo sendo tão poderoso, ainda vai precisar novamente da humana Helen.

Contando com vários efeitos especiais simulando destruição, O Dia em que a Terra Parou está mais para um filme-catástrofe na linha Independence Day (1996) do que para uma ficção científica.

Seu aspecto mais incômodo, porém, está no uso excessivo do merchandising, como uma cena ambientada numa conhecida rede de fast-food, além da exibição ostensiva das logomarcas de um relógio, um carro e um fabricante de equipamentos eletrônicos.

Fonte: Terra – Cinema e DVD

No site do fime, é possível você o seu próprio poster personalizado, eu fiz o meu.

odiaemqueaterraparou

Anúncios
17
set
08

‘Última Parada 174’ é o indicado brasileiro

Filme de Bruno Barreto vai concorrer a uma vaga no Oscar; ´emoção´ foi critério de escolha, diz cineasta

Clique para Ampliar

Disputa acirrada:´Última Parada 174´ concorrerá com filmes de mais de 90 países por uma das cinco indicações ao Oscar de melhor filme estrangeiro (Foto: Divulgação)

Clique para Ampliar

Filme é baseado na vida de um sobrevivente de chacina que, anos depois, seqüestrou um ônibus (Foto: Futura Press)

Brasília. O filme ´Última Parada 174´, do cineasta Bruno Barreto, foi escolhido ontem pelo Ministério da Cultura (Minc) como o candidato brasileiro à indicação ao prêmio de melhor filme em língua estrangeira no Oscar 2009. O filme de Bruno Barreto, que concorria com outros 13 filmes nacionais, estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto, em agosto deste ano, quando, segundo o produtor Roberto Vitorino, foi bem recebido. ´Acredito que o filme agradará ao público nacional tanto quanto ao internacional´, afirmou Vitorino.

´O filme do Bruno trata de maneira diferente um fato que as pessoas pensam que conhecem´, afirmou o produtor. ´É uma das obras mais importantes da carreira de Bruno.´

´Última Parada 174´ é um filme de ficção baseado na história real de um sobrevivente de uma chacina no Rio de Janeiro que anos mais tarde seqüestra um ônibus. A história foi contada no documentário ´Ônibus 174´, do cineasta José Padilha.

Distribuído no Brasil pela Paramount, ´Última Parada 174´ abrirá o Festival de Cinema do Rio de Janeiro no dia 25 de setembro. Para cumprir as exigências do Oscar, está em cartaz em Jundiaí (SP).

Selecionados entre títulos de mais de 90 países, os cinco indicados ao Oscar na categoria filme estrangeiro serão anunciados em 22 de janeiro. A premiação acontece em fevereiro.

´Emoção´ foi critério

Membro da Comissão de Seleção do Minc, o cineasta Paulo Sérgio Almeida está otimista em relação à possibilidade de o Brasil novamente disputar o troféu, depois de cinco indicações em 46 anos de premiação.

Almeida revelou ontem que o principal critério da Comissão de Seleção do Minc este ano foi a emoção. ´Nas edições anteriores, a comissão costumava escolher um filme que tivesse o perfil do Oscar. Nós mudamos essa perspectiva porque não sabemos que perfil do Oscar é esse. Nós escolhemos o filme que, a nosso ver, premiasse o melhor filme brasileiro. E A ´Última Parada 174´ foi o filme que mais nos emocionou”, disse o cineasta.

Ele esclareceu, contudo, que a escolha não foi uma unanimidade. Apesar disso, o julgamento acabou referendado por todos os membros da comissão. Segundo Almeida, o grande mérito do filme de Barreto é contar a história de Sandro do Nascimento, um jovem de rua, “personagem emblemático do Rio de Janeiro, de uma maneira emocionante”. ´Ao contrário do documentário ´Ônibus 174´, que narra o seqüestro de um ônibus em plena zona sul do Rio de Janeiro, transmitido ao vivo pelas televisões durante quatro horas, o filme de Barreto narra a história de uma pessoa pobre e de como o destino contribuiu para que acontecesse aquela história dramática´, afirmou Almeida.

CONSEQÜÊNCIAS
Barreto: ´Filme não é sobre violência´

Brasília. Bruno Barreto, diretor do filme “Última Parada 174”, defende que o longa “não é sobre um episódio violento, mas sobre as conseqüências da violência”. “O ônibus 174 é o nosso 11 de setembro”, comparou o cineasta.

O filme é baseado na história real de Sandro Barbosa do Nascimento, sobrevivente da chacina da Candelária, ocorrida em 1993 no Rio de Janeiro, e que sete anos mais tarde seqüestra um ônibus. A tragédia também foi contada no documentário “Ônibus 174”, do cineasta José Padilha.

“O filme é história, a construção e a trajetória de como um menino meigo, comum se torna o inimigo público número um”, explicou Barreto. “É também a história de uma mãe que o adotou como filho. O que me interessou mais foi o drama humano e não o episódio violento que ele se torna no final”, afirmou o cineasta em entrevista. Luiz Carlos Barreto, pai de Bruno e co-produtor do filme, comemorou a indicação do filme. ´É um grande mérito. Este é o primeiro filme que trata esta temática de dentro para fora, do ponto de vista do oprimido´, disse. ´Depois do ´Dona Flor´, este é o melhor filme dele. ´Última Parada´ faz jus à atual produção brasileira e acho que tem grandes chances´, ponderou.

O diretor Bruno Barreto já concorreu ao Oscar de melhor filme em língua estrangeira com ´O que é isso Companheiro?´, de 1997.

14
set
08

Dica de filme: Missão Babilônia.

Missão Babilônia (Babylon A.D.)

Elenco: Vin Diesel, Gérard Depardieu, Michelle Yeoh, Charlotte Rampling, Vincent Cassel, Melanie Thierry.

 

Direção: Mathieu Kassovitz

Gênero: Ação, Suspense

Distribuidora: Fox Film

Estréia: 19 de Setembro de 2008

Sinopse: Um matador de aluguel é contratado para transportar uma “encomenda” – uma garota inocente, criada num mosteiro – dos destroços de uma paisagem pós-apocalíptica no Leste Europeu para a agitada metrópole Nova York. Mas a tarefa está longe de ser um trabalho típico para esse mercenário durão, pois quando ele, a moça e seu temeroso guardião iniciam a viagem de 9.600 quilômetros, são ameaçados por uma seita religiosa que demonstra um especial interesse na jovem – que pode ter o segredo para a salvação da humanidade.

 

Curiosidades:

» O filme é inspirado no romance ‘Babylon Babies’, de Maurice Dantec

Trailer

Poster

Imagens do Filme

 




Páginas

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Blog Stats

  • 213,800 hits

mais acessados